Os casos de gripe suína nos EUA são os 10.000 principais, disseminados por todos os 50 estados

O número de casos de gripe suína nos Estados Unidos ultrapassou 10.000 na terça-feira e o vírus se espalhou para todos os 50 estados.

O número de casos de gripe suína nos Estados Unidos ultrapassou 10.000 na terça-feira e o vírus se espalhou para todos os 50 estados, conforme o Alasca relatou sua primeira infecção (A) H1N1, uma atualização oficial mostrou.



anã branca chorando neve cerejeira

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) relataram 10.053 casos prováveis ​​ou confirmados de gripe suína nos 50 estados e no Distrito de Columbia, ante quase 9.000 na sexta-feira.



O CDC também vinculou mais duas mortes ao vírus da influenza (A) H1N1, elevando o número oficial de mortes pelo surto para 17, o que não inclui a primeira morte da doença relatada por funcionários do estado da Califórnia na terça-feira.



A vítima, uma mulher de meia-idade com doença respiratória grave, morreu no final do mês passado, de acordo com o oficial de saúde do condado de Los Angeles, Jonathan Fielding.

Os Estados Unidos têm o maior número de casos de gripe suína entre qualquer um dos mais de 50 países ao redor do mundo onde infecções com o vírus foram relatadas, embora o México, onde a nova cepa de influenza foi relatada pela primeira vez em abril, tenha o maior número de mortes, em 97.



O artigo acima é apenas para fins informativos e não se destina a substituir o conselho médico profissional. Sempre procure a orientação de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado para qualquer dúvida que possa ter sobre sua saúde ou condição médica.