Dieta rica em proteínas também reduz a pressão arterial

A magnitude da associação é semelhante àquelas relatadas anteriormente para fatores de risco de estilo de vida, incluindo ingestão de sal, atividade física, consumo de álcool e tabagismo.

pressão arterial, bp, óleo de cocoUma maior ingestão de aminoácidos de fontes vegetais foi associada a uma pressão sanguínea mais baixa e uma maior ingestão de fontes animais associada a níveis mais baixos de rigidez arterial.

A ingestão de altos níveis de certas proteínas encontradas na carne e em alimentos vegetais pode reduzir a pressão arterial e a rigidez arterial, levando a uma saúde cardíaca melhor, concluiu um estudo.

Comer alimentos ricos em aminoácidos - blocos de construção das proteínas - pode ser tão bom para o coração quanto parar de fumar ou praticar exercícios físicos, descobriram pesquisadores da Universidade de East Anglia (UEA).

Aumentar a ingestão de alimentos ricos em proteínas, como carne, peixe, laticínios, feijão, lentilha, brócolis e espinafre pode ser uma maneira importante e facilmente alcançável de reduzir o risco de doenças cardiovasculares, explicou a pesquisadora principal, Dra. Amy Jennings, da Escola de Medicina de Norwich da UEA .



Esta pesquisa mostra um efeito protetor de vários aminoácidos na saúde cardiovascular.

A magnitude da associação é semelhante àquelas relatadas anteriormente para fatores de risco de estilo de vida, incluindo ingestão de sal, atividade física, consumo de álcool e tabagismo.

Os pesquisadores investigaram o efeito de sete aminoácidos na saúde cardiovascular entre quase 2.000 mulheres saudáveis.

Eles encontraram fortes evidências de que aqueles que consumiam as maiores quantidades de aminoácidos tinham medidas mais baixas de pressão arterial e rigidez arterial.

A fonte de alimento era importante. Uma maior ingestão de aminoácidos de fontes vegetais foi associada a uma pressão sanguínea mais baixa e uma maior ingestão de fontes animais associada a níveis mais baixos de rigidez arterial.

Quantidades diárias benéficas equivalem a um filé de salmão de 100 gramas ou um copo de 500 ml de leite desnatado, acrescentou Jennings em um artigo publicado no Journal of Nutrition.

A descoberta de que comer certas carnes e proteínas vegetais está ligada a uma pressão arterial mais saudável é uma descoberta empolgante.

Precisamos entender o mecanismo para ver se ele é direto ou por meio de nossos micróbios intestinais, disse o professor Tim Spector, do departamento de Twin Research do King’s College London.

O artigo acima é apenas para fins informativos e não se destina a substituir o conselho médico profissional. Sempre procure a orientação de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado para qualquer dúvida que possa ter sobre sua saúde ou condição médica.