Problemas digestivos que dificultam a perda de peso

Uma má digestão significaria que o corpo tem dificuldade em decompor os alimentos, dificultando o processo de digestão. Uma vez que o processo é distribuído, os nutrientes do corpo não são utilizados de forma ideal, o que afeta gravemente o metabolismo do nosso corpo.

dieta, dieta saudável, perda de peso, dieta para perda de peso, programa de perda de pesoNão importa o que aconteça, faça pelo menos 20 minutos de atividade física todos os dias para perder peso. (Fonte: Arquivo de Foto)

Quantas vezes você questionou sua dieta quando não há mudança significativa em seu peso? Se você é alguém que está tentando perder quilos e está seguindo uma determinada dieta, deve estar ciente de quanto esforço é necessário para conter os desejos. Às vezes, há outros fatores que podem afetar os centímetros extras ao redor da barriga também. Você pode fazer qualquer coisa para chegar ao estado desejável, mas se suas enzimas digestivas tiverem vontade própria, então as coisas ficarão difíceis.

Uma má digestão significaria que o corpo tem dificuldade em decompor os alimentos, dificultando o processo de digestão. Uma vez que o processo é distribuído, os nutrientes do corpo não são utilizados de forma ideal, o que afeta gravemente o metabolismo do nosso corpo.



Aqui estão alguns problemas de digestão que podem ter alterado seu regime de perda de peso.



Constipação
Devido à falta de alimentos ricos em fibras, a prisão de ventre atrapalha a perda de peso. Portanto, recomenda-se que pelo menos 25 a 30g de fibra sejam incluídos em sua dieta regular, juntamente com dois a três litros de água todos os dias.

Doença de Crohn



É uma condição inflamatória crônica incurável, causada devido ao menor apetite e à perda excessiva de peso, sintomas comuns da doença de Crohn. Causa inflamação do trato digestivo, o que pode causar dores abdominais, diarreia intensa, fadiga, perda de peso e desnutrição. Este problema de saúde não pode ser curado com remédios caseiros e é recomendável consultar um médico.

Desequilíbrio bacteriano

Isso pode parecer totalmente nojento, mas os intestinos contêm bactérias boas e más. Os bons desempenham um papel crucial na saúde geral, reduzindo a inflamação e mantendo o peso sob controle. Por exemplo, as bactérias nocivas podem produzir gás metano, que desacelera o metabolismo e afeta a resistência à insulina e à leptina, ambas ajudando a regular a fome e a saciedade.



Doença de refluxo ácido

É basicamente um distúrbio do refluxo gastroesofágico, em que o paciente sente uma sensação dolorosa de queimação na parte inferior do tórax. À medida que o ácido do estômago sobe no esôfago, essa queimação afeta sua rotina de dieta. Comer alimentos confortáveis ​​traz alívio temporariamente, pois a comida e a saliva neutralizam o ácido por um tempo. Mas também pode ser sugado para um ciclo perigoso de excessos que leva ao ganho de peso.

O artigo acima é apenas para fins informativos e não se destina a substituir o conselho médico profissional. Sempre procure a orientação de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado para qualquer dúvida que possa ter sobre sua saúde ou condição médica.